Frequência de Classe - Um programa da Radio Line e Rádio Ideias

Fique em dia com o nosso Município

Fique em dia com o nosso Município
Quite seus débitos com a prefeitura

sábado, 20 de janeiro de 2018

Câmara Municipal de Jataí e "Tudo como Dantes no quartel de Abrantes"

Câmara retoma funcionamento normal na próxima segunda-feira

Com o encerramento do recesso parlamentar, o expediente da Câmara Municipal de Jataí volta ao normal na próxima segunda-feira, dia 22 de janeiro, a partir das 8 horas da manhã. As primeiras sessões ordinárias de 2018 estão previstas para fevereiro, mas no próximo dia 24, às 14 horas, no plenário João Justino de Oliveira, será realizada uma sessão extraordinária para a votação de quatro projetos de lei enviados pelo poder executivo.

O horário normal de funcionamento da Câmara Municipal é das 8 às 11 horas e das 13 às 17 horas, de segunda a sexta-feira.

Sindicato Rural de Rio Verde e Celg se reúnem com empresários e produtores rurais para discutir melhorias no fornecimento de energia na região

Foi realizado na última quinta-feira, 19, no Sindicato Rural de Rio Verde, uma reunião entre os produtores rurais, empresários e a diretoria da Celg, para discutir o fornecimento de energia na Região. O encontro foi marcado pelo deputado estadual Lissauer Vieira (PSB), junto com o Sindicato Rural, depois de ouvir várias reclamações sobre as frequentes interrupções e dos prejuízos acumulados com a falta de energia, mesmo após a privatização da Celg no ano passado.
“Estamos atento a todas as demandas do nosso município, e precisamos encontrar uma solução para que esse problema não prejudique ainda mais os consumidores da região, ” citou Lissauer.

Proprietário de uma granja com 500 mil aves em terminação, Ricardo Oliveira Leal passou o último final de semana sem energia por 80 horas, se não fossem os geradores, os animais poderiam ter morrido. “Estamos acumulando um valor financeiro enorme com os gastos com óleo diesel para manter nossa propriedade funcionando, antes da privatização nós ficávamos 36 horas sem energia e agora esse tempo tem saltado para 80 horas, um descaso com nossa atividade”, desabafa.

Segundo Humberto Eustáquio Tavares Correa, relações institucionais da Celg, 2017 foi realizada uma série de intervenções na região com a ampliação da capacidade de uma das subestações. “Praticamente colocamos 35% a mais de capacidade de transformação, são dois transformadores, cada um deles teve esse percentual de ampliação, além disso, estamos passando por um processo de mudança de pessoal, renovando contratos com novas turmas e novas frentes de serviços, com um número maior de pessoas para trabalhar na zona rural, tudo com o objetivo de prestar um serviço de qualidade para os produtores rurais”.

Jataí estreitando laços com o Oriente Médio

Cortesia: Plantão JTI
Prefeito Vinícius Luz receberá embaixador de Israel no Brasil na próxima segunda-feira
Na ocasião a administração municipal apresentará as potencialidades e o perfil econômico de Jatai.

De acordo informações repassadas a imprensa pela assessoria de comunicações da prefeitura, na próxima segunda-feira (22), o prefeito Vinicius Luz, receberá em Jataí, o embaixador de Israel no Brasil, Yossi Shelley, com o objetivo de trocar experiências e firmar parcerias que possibilitem o desenvolvimento mútuo.

A agenda do embaixador na cidade é extensa e inclui compromissos no gabinete do prefeito na parte da manhã, visita à uma fazenda modelo na zona rural e à Universidade Federal de Goiás, Regional Jatai, na parte da tarde e encontro com convidados no período da noite, momento em que a administração municipal apresentará as potencialidades e o perfil econômico de Jatai à  Yossi Shelley, que falará da experiência de Israel com o desenvolvimento de tecnologias, em especial, as voltadas à agricultura e ainda, abordará a possibilidade de os convidados integrarem missão com destino à Israel que será realizada entre 05 e 12 de maio, viagem que permitirá  aos interessados em integrar a missão, conhecer a Agritech – feira internacional de agricultura, que acontece anualmente em Tel Aviv, Israel.

Ainda durante o evento da noite, prefeito e embaixador assinarão termo de cooperação entre Jataí e Israel.

Programação para 22/01 – Visita do embaixador de Israel, Yossi Shelley à Jataí:

11h – Recepção do Embaixador Yossi Shelley pelo prefeito Vinícius Luz – Gabinete do Prefeito – Prefeitura Municipal;

13h – Visita à fazenda modelo – região de Jataí – produtor: Valdecir Sovernigo;

16h – Visita à UFG – para conhecer a estrutura, o projeto de municipalização da instituição e ainda o Parque Tecnológico que está sendo implantado – Campus Jatobá;

19h – Reunião com convidados – prefeito, secretários, vereadores, produtores rurais, representantes de instituições de ensino superior, de entidades de classe, do Sebrae e do Sesi/ Senai – Hotel Fazenda Thermas Bonsucesso.

sexta-feira, 19 de janeiro de 2018

Caldeirão da política Goiana em ebulição

Já em pré-campanha começam também as alfinetadas ao governador Marconi
"Só a mudança vai resgatar a credibilidade do governo de Goiás", afirma Daniel Vilela

Assessoria de Comunicação
Ao iniciar uma série de atividades nos municípios do Norte de Goiás, o deputado federal Daniel Vilela, pré-candidato ao governo pelo MDB, afirmou que o atual governo de Goiás perdeu a credibilidade junto à população para resolver os problemas e que a alternância de poder é fundamental para mudar este cenário. “As pessoas querem ter perspectiva de melhoria de vida, mas este grupo que está no poder há 20 anos não tem mais condições de oferecer isto, perderam a credibilidade e a capacidade de ação”, afirmou o deputado em Minaçu.

Segundo Daniel, a crise da segurança pública, que ficou mais evidente com a falência do sistema prisional goiano, comprova a fadiga do atual governo. “O Estado ficou completamente paralisado enquanto pessoas eram mortas dentro do Complexo Prisional e detentos fugiam.  Não agiram preventivamente, não conseguiram dar uma resposta minimamente satisfatória durante a crise e o governador preferiu ir para o litoral enquanto o problema se agravava”, afirmou o deputado em entrevista à Rádio Clube de Minaçu. 

Questionado sobre o problema da segurança, que afeta não somente a Região Metropolitana, mas também municípios do interior e já chegou à zona rural, Daniel defendeu investimentos mais substanciais em efetivo policial e tecnologia de inteligência. O deputado considerou um absurdo que até hoje presos consigam ter acesso a telefone celular e que os bloqueadores de sinal adquiridos pelo Estado não funcionem nos presídios. 

“O celular é uma das principais armas dos bandidos, que têm no aparelho um eficiente aliado para se articular além dos muros dos presídios e continuar a cometer crimes. Sem esse contato tão fácil dos presos com o mundo exterior, as facções criminosas perderiam muita força”, afirmou Daniel. 

O deputado defendeu também que o Estado faça investimentos em piscicultura e no turismo em Minaçu para suprir a queda de arrecadação causada pela proibição do amianto no País, principal fonte de receita do município. “Minaçu vive uma situação delicada e o governo tem que atuar como um indutor de novas fontes de receita para evitar a queda da receita”, defendeu o deputado, que também se reuniu com o prefeito Nick Barbosa (DEM) e com o sindicato dos servidores municipais para discutir projetos para a região. 

“Goiás estava precisando mesmo de uma cara nova, com novas ideias, para se apresentar como alternativa para o governo de Goiás”, afirmou a presidente da entidade, Maria de Lourdes. Além de lideranças locais, acompanham as atividades de Daniel Vilela na Região Norte o deputado federal Pedro Chaves, pré-candidato ao Senado pelo MDB, e os deputados estaduais Paulo Cesar Martins e Wagner Siqueira. Nas reuniões, os deputados defenderam a pré-candidatura de Daniel Vilela e elogiaram sua disposição de colocar como prioridade de pré-campanha visitar os municípios para conversar de perto com as pessoas. 

Plano de governo

Em Porangatu, Daniel Vilela recebeu da direção da Associação Comercial, Industrial e Agropecuária (Aciap) um documento com as propostas da entidade para um futuro plano de governo do PMDB. O deputado frisou que vai se dedicar em janeiro e fevereiro a conversar com segmentos da sociedade civil organizada para fazer um diagnóstico completo das atuais demandas de Goiás.

“Hoje as pessoas falam que quando o governo não atrapalha, já está ajudando. Mas não podemos nos contentar com isto. O poder público tem a obrigação de ser um indutor do crescimento, oferecer serviços de qualidade e também amparar as camadas mais desassistidas da população”, afirmou.  



* FOTO: Daniel Vilela assina documento com propostas para o plano de governo do MDB, entregue pela direção da Associação Comercial, Industrial e Agropecuária de Porangatu (Aciap). 

quinta-feira, 18 de janeiro de 2018

Thermas Jatahy aquecerá foliões para o Carnaval e abrirá exposição de fantasias carnavalescas ainda este mês

Com a proximidade do Carnaval, a Prefeitura de Jataí e a Comtat (Companhia Municipal de Turismo e Águas Termais) estão preparando um evento que promete aquecer foliões para a festa que acontece em fevereiro, o Eskenta Carnaval, que será realizado no Thermas Jatahy no próximo dia 28.

A folia antecipada será comandada pelo grupo musical Gerentes do Samba com a presença de convidados. Ainda no dia 28, haverá a abertura de exposição de fantasias do acervo de escolas de samba do eixo Rio-São Paulo, criadas por Gustavo Salvatore.

Neste dia o clube funcionará em horário normal – das 09h ás 21h – com show do Gerentes do Samba previsto para começar as 16h

Eskenta Carnaval
Dia: 28/01
Local: Thermas Jatahy
Endereço: Pólo Turístico Vale do Paraíso, BR-158.

Exposição de fantasias carnavalescas de Gustavo Salvatore
Período: de 28/ 01 à 18/02
Local: Thermas Jatahy
Endereço: Pólo Turístico Vale do Paraíso, BR-158.

Mais informações
Thermas Jatahy
(64) 3632-8896

Em 2015 a doença já estava sendo monitorada e já era notícia

Fronteira com MS, Goiás confirma dois casos de febre amarela

05 Junho 2015 por: Equipe Horizonte MS

O estado de Goiás tem dois casos de febre amarela confirmados e três suspeitos, informou hoje (4) a gerente de Vigilância Epidemiológica da Secretaria de Saúde, Magna Maria de Carvalho. Segundo ela, foi decretado estado de alerta na região, a fim de evitar o avanço da doença e, principalmente, o risco de um ciclo de transmissão urbana.

Das cinco pessoas com suspeita da doença, apenas uma mora em Goiás. Dois casos suspeitos foram identificados na cidade goiana de Alto Paraíso, sendo um deles estrangeiro. Há também um caso em Niquelândia, um em São Miguel do Araguaia, envolvendo morador de Brasília, e um em Alexânia.

“Todo o estado já está em alerta. Comunicamos também os estados vizinhos, inclusive o DF [Distrito Federal], sobre essas ocorrências”, disse a gerente.

Magna explicou que a secretaria tem atuado em duas frentes de combate à doença. “Primeiro, orientando as pessoas que nunca se vacinaram ou que tomaram menos de duas doses de vacina a procurar uma unidade de saúde e se vacinar. A segunda, orientando as secretarias municipais desse municípios onde há casos [suspeitos] a melhorar e intensificar o combate ao mosquito.”

Só está definitivamente imune a pessoa que tomar duas doses de vacina. A proteção, no entanto, já é efetiva dez dias após a primeira dose. “É importante lembrar que a vacina contra febre amarela não faz parte do calendário básico de vacina de todos estados. Como Goiás recebe fluxo migratório importante, temos pedido [a outros estados] a ajuda para esclarecer as pessoas sobre a necessidade de que se vacinarem com pelo menos dez dias de antecedência”, acrescentou a gerente.

Magna informou que não há, até o momento, registro de transmissão na cidade. “A febre tem dois ciclos: silvestre e urbano. O grande temor é em relação às ocorrências no ciclo urbano. A doença é a mesma, mas a diferença é no vetor que transmite, no caso, o Aedes aegypti”, afirmou, referindo-se ao mesmo mosquito transmissor da dengue.

“Febre Amarela é uma doença endêmica em Goiás e em várias regiões do país. Tem caráter cíclico, com casos a cada cinco ou sete anos. Não há casos de febre amarela urbana no Brasil desde 1942. Eventualmente, a contaminação é na mata. Quando a pessoa vai para a cidade, em locais com a presença do Aedes aegypti, pode dar início de um ciclo de transmissão urbana”, disse ela.

De acordo com a Secretaria de Saúde, a última epidemia registrada em Goiás e regiões vizinhas foi em 2007/2008. Na época, foram registrados 24 casos e 16 óbitos. Os sintomas da doença são parecidos com a dengue, inicialmente: dor de cabeça, febre, náusea, vômitos.

“Pode apresentar também icterícia, que é uma cor amarelada da pele e dos olhos”, esclareceu Magna. A doença é considerada mais grave do que a dengue.

Como há dificuldades para identificar a febre amarela, as autoridades sugerem que, ao deparar com qualquer um desses sintomas, as pessoas devem procuram de imediato uma unidade de saúde, para acompanhamento e para os exames laboratoriais necessários.

Agencia Brasil/Junho/2015

Apesar de surtos em outros estados, Goiás teve apenas um caso de febre amarela em 2017

No entanto, a SES-GO reforça a necessidade da vacinação, disponível nos postos de saúde, que é recomendada para a faixa etária de 9 meses a 59 anos

Por Mayara Carvalho/Opção
A febre amarela tem causado pânico em moradores de São Paulo e Minas Gerais. A doença já causou pelo menos 21 mortes em SP e 10 em MG, somente em 2018.

Apesar de ser considerada área endêmica pelo Ministério da Saúde, o estado de Goiás não registrou nenhum caso de febre amarela neste ano e apenas um caso foi confirmado em 2017.

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-GO) esclarece que promove periodicamente medidas para evitar surtos da doença. O monitoramento constante faz a notificação de casos ser ágil, com investigação de todos os casos suspeitos. Além disso. são ofertadas vacinas para viajantes e intensificada a vacinação em municípios com baixas coberturas.

Com as medidas, no ano de 2017 houve apenas um registro de caso humano de febre amarela. Em 2016 foram três e em 2015 cinco casos.

No entanto, a SES-GO reforça a necessidade da vacinação, disponível nos postos de saúde, que é recomendada para a faixa etária de 9 meses a 59 anos.

Vítima foi morta por ex-marido, que não aceitava fim do relacionamento

Vídeos mostram cabeleireira saindo de banco antes de ser morta, em Inhumas

Segundo Polícia Civil, vítima foi morta por ex-marido, que não aceitava fim do relacionamento. Ela ficou desaparecida por mais de 20 dias até corpo ser encontrado em canavial.

Imagens de câmeras de segurança mostraram a cabeleireira Lorraine Fernandes, de 32 anos, saindo de uma agência bancária em Inhumas, na Região Metropolitana da capital, antes de ser morta a tiros (assista acima). A Polícia Civil prendeu e indiciou o ex-marido da vítima, representante comercial Rogério Trindade do Couto, de 38 anos, e um amigo dele, Dioy Belamino dos Reis, de 18, pelo crime.

A gravação mostra a mulher saindo da agência bancária e atravessando a rua. Segundo o delegado responsável pelo caso, Humberto Teófilo, Rogério acompanhou os passos de Lorraine desde o momento em que ela saiu de casa para ir ao banco. Após ela sair da agência, o representante ligou para o Dioy, que é ex-funcionário do atual marido de Lorraine, para que ele cometesse o crime.

“Dioy foi até a praça central de Inhumas e, por conhecer Lorraine, pediu uma carona. No caminho eles tiveram uma discussão e ele falou a ela que Rogério havia mandado matá-la. Ele a rendeu, levou até a zona rural da cidade, onde Rogério ajudou a amarra-la. Em seguida o jovem levou a vítima até o canavial e deu três tiros na cabeça dela”, contou.

Ainda conforme o delegado, o ex-marido da vítima não aceitava o fim do casamento e já tinha agredido Lorraine algumas vezes. O homem já havia sido indiciado por lesão corporal contra a ex-mulher e nega que tenha participado do crime.

“O Rogério sempre demonstrou uma frieza que chamou muita atenção da polícia. Não temos dúvidas, os indícios são fortes de que ele foi o mandante do crime. Ele não aceitava de forma alguma o fim do relacionamento e planejou este crime após fazer diversas ameaças”, disse o delegado.

De acordo com a Polícia Civil, Rogério e Dioy são amigos há muitos anos. O ex-marido de Lorraine, inconformado com o fim do casamento, prometeu pagar R$ 5 mil ao jovem para cometer o crime. As investigações apontam ainda que o mandante do crime também ajudou o comparsa, amarrando a mulher antes que ela fosse baleada.

Os dois foram presos horas depois do corpo ser encontrado. Dioy estava na fazenda da família, onde a arma foi localizada, e Rogério saia de casa para encontrar um cliente. De acordo com Teófilo, Dioy havia comentado com a família do crime que ele tinha cometido e falou da participação de Rogério.

Os dois vão responder por sequestro, feminicídio qualificado, ocultação de cadáver e porte ilegal de arma. Fonte: G1 Goiás

Febre Amarela - Compositor Flávio Henrique morre vítima da doença

Músico estava internado há uma semana em um hospital particular

O compositor Flávio Henrique, 49 anos, morreu em decorrência de complicações por febre amarela às 7h30 desta quinta-feira (18), de acordo com o Hospital Mater Dei, em Belo Horizonte, e a Secretaria de Estado de Cultura. Ele estava internado deste a quinta-feira (11), quando deu entrada com estado febril.

Flávio Henrique era presidente da Empresa Mineira de Comunicação, órgão do governo responsável pela Rádio Inconfidência e pela Rede Minas.

Também músico e produtor, integrava o Quartelo Cobra Coral, tinha mais de 180 músicas gravadas e foi parceiro de nomes como Paulo César Pinheiro, Chico Amaral, Milton Nascimento e Toninho Horta. Em sua carreira, lançou oito CDs autorais e um DVD gravados, e o último trabalho é o CD "Zelig", de 2012.

Desde o fim de semana, Flávio Henrique estava no Centro de Terapia Intensiva (CTI) com quadro clínico grave. Durante a internação, bastante abalada, a família preferiu não dar entrevista.

No fim do ano, o músico esteve em outra cidade da Região Metropolitana, onde tem casa, mas não há informações sobre o local da contaminação por febre amarela.

Ainda não há informações sobre o velório.

O último balanço da Secretaria de Estado de Saúde, divulgado nesta quarta-feira (17), informa 22 casos confirmados de febre amarela silvestre em Minas Gerais desde dezembro de 2017, sendo que 15 evoluíram para óbitos. Outros 46 casos continuavam em investigação pela Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG).

O que é a febre amarela?

A febre amarela é uma doença infecciosa febril aguda, causada por um vírus transmitido por mosquitos infestados. Em área rural ou de floresta, os macacos são os principais hospedeiros e a transmissão ocorre pela picada dos mosquitos transmissores infectados Haemagogus e Sabethes. Nas cidades, a doença pode ser transmitida principalmente por mosquitos da espécie Aedes aegypti. Não há transmissão direta de pessoa a pessoa.

Os sintomas iniciais da febre amarela incluem o início súbito de febre, calafrios, dor de cabeça intensa, dores nas costas, dores no corpo em geral, náuseas e vômitos, fadiga e fraqueza. Fonte: G1

quarta-feira, 17 de janeiro de 2018

UEG lança edital de abertura do concurso para professores de Direito e Medicina

São ofertadas 39 vagas para quem possui título a partir de especialista

Por Marcelo Gouveia
A Universidade Estadual de Goiás (UEG) divulgou nesta semana o edital de abertura do concurso público para o cargo de docente de ensino superior destinado ao provimento de vagas para os cursos de Direito e Medicina.

São ofertadas 39 vagas para quem possui título a partir de especialista. Desse total, 14 vagas são destinadas ao curso de Medicina de Itumbiara e 25 aos cursos de Direito das cidades de Aparecida de Goiânia, Iporá, Morrinhos, Palmeiras de Goiás, Pires do Rio e Uruaçu. Confira o quadro de vagas.

As cargas horárias são de 10, 20, 30 e 40 horas semanais. O concurso será realizado em cinco etapas:

1ª etapa – avaliação dos candidatos com deficiência pela equipe multiprofissional, exclusiva aos candidatos com deficiência
2ª etapa – prova objetiva
3ª etapa – prova dissertativa
4ª etapa – prova didática
5ª etapa – avaliação de títulos e produção científica

Todas as etapas, conforme as datas do cronograma do edital, serão realizadas nas cidades de Aparecida de Goiânia e/ou Itumbiara.

Inscrição e taxa

O período para se inscrever no concurso vai de 19 de janeiro a 19 de fevereiro, no site do Núcleo de Seleção da UEG. O valor da taxa de inscrição é 250 reais. Os candidatos tiveram de 5 a 8 de janeiro de 2018 para solicitar a isenção da taxa de inscrição.

Os procedimentos de inscrição bem como o cronograma, os requisitos exigidos, a documentação necessária e demais disposições estão disponíveis no edital.

Cadastro reserva

O edital do concurso também prevê formação de cadastro de reserva na classe II do quadro de carreira Docente de Ensino Superior da UEG 2017, de acordo com a oferta de vagas.

O resultado final do concurso será divulgado no dia 29 de junho de 2018.

Meteoro é visto nos EUA e provoca tremor

Segundo a Reuters, meteoro também pode ser visto em Ohio (EUA) e Ontário, no Canadá. Sua queda ainda provocou um terremoto de 2 de magnitude.

G1
Um meteoro foi visto nos arredores de Detroit, em Michigan, nos Estados Unidos, na terça-feira (16), de acordo com o Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS). Sua queda ainda provocou um terremoto de 2 de magnitude a 7 km a leste de Saint Clair Shores, no leste de Michigan, segundo a Reuters.

O meteoro também pode ser visto em Ohio (EUA) e Ontário, no Canadá, ainda segundo a Reuters, citando agências meteorológicas e geológicas.

Dezenas de moradores compartilharam nas redes sociais gravações do fenômeno. Nas gravações era possível ver uma luz seguida de uma aparente explosão, segundo a Efe.

"Eu não posso acreditar que teve um meteoro! Sacudiu nossa casa e provocou um grande abalo! Nós pensamos que algo tinha batido em nossa casa", declarou Jennifer Wilson, no Twitter.

Outros internautas tiveram pensamentos mais ameaçadores. "Eu estava certo de que estava acontecendo uma invasão alienígena ou o apocalipse", afirmou um usuário do Twitter que usa o nome de Crash.

Veja vídeo

Primeiro exame para médicos recém-formados em Goiás tem aprovação de 90%

Avaliação adotada por Conselho Regional de Medicina é a segunda do tipo no Brasil e foi facultativa. Apenas 18 egressos compareceram

Por Marcelo Gouveia/Opção
O primeiro Exame de Egressos realizado pelo Conselho Regional de Medicina do Estado de Goiás (Cremego), aplicado no mês de dezembro na capital, teve aprovação de cerca de 90%.

O exame contou com adesão de menos de 10% dos médicos recém-formados no Estado, o que representa um total de 18 profissionais. Destes, apenas dois obtiveram resultado insuficientes.

Para o presidente do Cremego, Leonardo Mariano Reis, o bom resultado reflete o bom nível dos candidatos que se inscreveram, já que, enfatiza ele, a prova foi muito bem elaborada pela Comissão de Avaliação do Ensino Médico do Conselho, abrangendo todas as áreas da medicina. “Tivemos candidatos de nove escolas, incluindo quatro de Goiás que já formaram turmas”, contou.

Participaram do exame, formandos e recém-formados das goianas Universidade Federal de Goiás, Pontifícia Universidade Católica de Goiás, UniEvangélica e Universidade de Rio Verde e ainda da Faculdade de Medicina de Campos (Campos dos Goytacazes/RJ), Universidade Federal do Mato Grosso do Sul (Campo Grande/MS), Instituto Master Presidente Antônio Carlos (Araguari/MG), Centro Universitário São Lucas (Porto Velho/RO) e Unirg (Gurupi/TO).

“Podemos dizer que os representantes destas escolas estavam bem preparados, mas não há, por enquanto, como fazer uma comparação estatística com as escolas de São Paulo, Estado pioneiro na realização deste exame, até porque as provas aplicadas foram diferentes, algo que no futuro deverá ser unificado”, afirmou o presidente.

Apesar do bom resultado do primeiro exame, o dirigente afirma que permanece a preocupação do Cremego em relação à qualidade do ensino médico em Goiás.

Leonardo diz temer que as faculdades abertas nos últimos anos não tenham o mesmo nível de formação das escolas mais tradicionais e lembrou que um dos objetivos do exame é justamente evitar que essas novas escolas coloquem no mercado profissionais mal formados.

“O exame de proficiência, sem dúvida, é um estimulo para o preparo das escolas e dos formandos”, reforçou.

Exame

Com 100 questões objetivas, o exame aplicado neste último fim de semana pelo Cremego abrangeu as áreas essenciais da medicina, com ênfase em conteúdos considerados imprescindíveis ao bom exercício profissional. Foram aprovados os candidatos que acertaram, pelo menos, 60% das questões.

A participação na prova foi facultativa e o objetivo do conselho foi avaliar a formação dos profissionais recém-graduados. Os resultados individuais são confidenciais e serão repassados exclusivamente aos participantes.

O registro de novos médicos no Cremego independe da participação deles no exame, que será realizado anualmente e sempre aberto a formandos de faculdades autorizadas pelo MEC em qualquer Estado e a médicos formados nos dois últimos anos e devidamente registrados no Conselho.

Goiás é o segundo Estado do Brasil a implantar uma prova semelhante a que já existe na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). O primeiro foi São Paulo, onde os índices de “reprovação” superam os 50%.

Conselho Municipal de Política Cultural será empossado na próxima quinta-feira

Na próxima quinta-feira (18), a Prefeitura Municipal, por meio da Secretaria de Cultura, realizará, na sede do Centro Cultural Basileu Toledo França – que abriga a sede da Biblioteca Pública Municipal Dante Mosconi e também a Secretaria Municipal de Cultura – evento para apresentação e empossamento de titulares e suplentes do Conselho Municipal de Política Cultural – que prevê a formulação, o monitoramento e a fiscalização de políticas culturais, a partir das diretrizes emanadas das Conferências de Cultura e ainda o acompanhamento do funcionamento de instrumentos ligados à área.

Os representantes da sociedade civil que irão compor o Conselho, que atuará nos próximos 2 anos, foram eleitos durante a V Conferência Municipal de Cultura realizada em agosto de 2017. Já os representantes do poder público, foram indicados no final do mesmo ano pelos segmentos da administração pública elencados pelo Ministério da Cultura.

O evento é aberto a toda a comunidade.

Posse do Conselho Municipal de Política Cultural
Data: 18/01
Horário: 19h30
Local: Centro Cultural Basileu Toledo França
Endereço: Avenida Goiás, nº 1433 – Centro

Palestras

Palestras
Invista em seu maior patrimônio, Pessoas.