segunda-feira, 29 de agosto de 2016

Da vizinha Rio Verde - Setença garante direitos dos consumidores

Confirmada sentença que dá prazo à Celg para restabelecer energia elétrica em Rio Verde

Em ação movida pelo promotor de Justiça Márcio Lopes Toledo, a juíza Lídia Brandão tornou definitiva a liminar que determinou, em 2015, que a Celg Distribuição S.A. – Celg D restabelecesse o fornecimento de energia elétrica dos consumidores do município em, no máximo, três horas para área urbana e quatro horas para a rural. Neste último caso, a decisão estabeleceu o período de três horas, caso o evento se desse em período noturno. Em caso de descumprimento foi fixada multa de R$ 20 mil e mais R$ 2 mil para cada hora adicional de demora para retomada do fornecimento.

A ação 
A ação contra a Celg D foi proposta em novembro de 2014 com o objetivo de garantir que a empresa promovesse as medidas e investimentos necessários no sistema de fornecimento de energia elétrica para tornar o serviço destinado aos moradores de Rio Verde eficiente, regular e contínuo. 

De acordo com o processo, em junho de 2014, o MP instaurou inquérito civil público para apurar irregularidades na prestação do serviço público essencial de distribuição de energia elétrica em Rio Verde, devido às crescentes reclamações de consumidores da cidade, principalmente quanto às constantes interrupções ou demora no restabelecimento.

O promotor verificou que o Procon de Rio Verde havia, entre 2009 e 2014, constatado a precariedade do serviço por diversas vezes, sobretudo na zona rural, com registro da falta de energia por até 95 horas seguidas. Relatórios da Aneel e à AGR confirmaram as falhas do serviço e a deterioração do desempenho dos indicadores de continuidade. Esses documentos indicaram também a falta de adoção pela concessionária de medidas adequadas que pudessem reverter as transgressões aos limites regulatórios dos indicadores. (Fonte: Assessoria de Comunicação Social do MP-GO)

Victor Priori lidera em Jataí com mais de 20 pontos de vantagem em pesquisa SERPES

Porém indefinição ainda é alta de 67 % na espontânea. 
Victor Priori é o mais rejeitado dos três candidatos, com 27,4% de rejeição.

A pesquisa serpes divulgada pelo Jornal O Popular na manhã deste sábado (27), aponta mais de 20 ponto de vantagem para o primeiro colocado, Victor Priori, do DEM, em relação ao segundo, o tucano Vinicius Luz no questionário estimulado, o que apresenta o nome dos candidatos ao eleitor. Na pesquisa espontânea, Victor Priori também lidera as intenções de voto em Jataí, com 16% das intenções de voto, seguido de Vinícius Luz (4.7%) e José Herculano (2.2%).

Victor Priori é o mais rejeitado dos três candidatos, com 27,4% de rejeição. Em segundo lugar vem o candidato do Pros, José Herculano que soma uma rejeição de 19,5%. Vinicius Luz, com 13,5% é o menos rejeitado pelo eleitor de Jataí. A rejeição aos três candidatos é maior entre os homens.

A indefinição é de 67 % na espontânea. No cenário estimulado, um quinto ainda não decidiu em quem vai votar para prefeito.

Mais da metade avalia o prefeito Humberto Machado positivamente.

A Administração do prefeito Humberto Machado (PMDB) é bem avaliada por 57,7% dos entrevistados da pesquisa Serpes/O Popular realizada em Jataí.

Projeto Judô Para Todos é destaque no Judô Estadual

No último sábado, dia 20 de Agosto, o Judô Wider Santos / Projeto Judô Para Todos, conquistou o 3º Lugar Geral na 5ª Etapa do Campeonato Estadual, com uma equipe composta de 43 atletas, conquistamos 41 medalhas, sendo 24 de ouro, 11 de prata e 6 de bronze.

Nesta competição tivemos a participação de 8 atletas novos e mesmo assim conseguimos ficar na terceira colocação no estadual, resultado muito importante e que comprova que jataí é uma potência do judô estadual.

Toda a equipe agradece ao apoio da Prefeitura Municipal, na Pessoa do Secretário de Esportes, o Sr José Carlos, que nos cedeu o transporte e aos patrocinadores: Rural Brasil, Açaí Café, Erio Auto Peças, Climicor, Safra Forte, AgroServ, Neurocor e Frios União, que contribuíram para a participação da equipe nesta e em outras competições.

Os Resultados foram os seguintes:
Campeões:
Alex Teodoro, Gabriel Andrade, Luan Bessa, Gabriel Silva, Bruno Martins, Breno Martins, Samuel Cruz e Cauã Olieira(Mirim), Rafael Linder e Maria Costa, (Infantil), Victor Silva (SUB13), Ana Vilela, Nayane Guimarães, Patrick Morais, Kain Dutra e Kauã Guimarães (SUB15), Reiner Santana (SUB 18), Gabriel Peres e Reiner Santana (SUB21), Gabriel Peres e (Senior), Daniela Oliveira, Suise Andrade e Dieter Santos (Máster A) e Suise Andrade (Máster B).

Vice Campeões:
Arthur Silva, Estela Morale, Erick Annemberg (Infantil), Ana Laura (SUB13), Laura Andreyna e Paulo Souza (SUB15), Giovana Andrade (SUB 18), Maykon Almeida (SUB 21). Reiner Santana e Maykon Almeida (Senior) e Rogério Morale (Máster B).

Terceiros Colocados:
Eduardo Soares e Luiz Jarczewski (Infantil), Ryan Dutra (SUB13), Flávio Santos e João Alves (SUB15), Rafaela Soares (SUB18) e Rogério Morale (Máster A).

Espaço em jornais e revistas

Todo jornal e revista brasileiros precisam criar espaço ou uma seção destinada exclusivamente para a opinião do denominado cidadão comum.

Por Pedro Cardoso
Alguns já possuem colunas, mas as matérias nelas veiculadas são restritas a pessoas renomadas, seja pelo destaque na sua área de atuação profissional, seja por terem seus rostos conhecidos na televisão.

Isso não diminui a importância dos seus posicionamentos, mas alimenta uma cadeia um tanto viciada de parecer que só têm posições, opiniões e ideias relevantes pessoas detentoras de notoriedade pública e que representam um segmento social já prevalecente sobre as demais camadas da sociedade.  

Essa falta de acesso também escancara o preconceito sobre pessoas pobres, por nunca se levar em conta suas capacidades interiores nem seus raciocínios, muito menos suas visões diversas sobre a humanidade. Enfim, essa camada da população fica impossibilitada de externar seus sentimentos e suas análises para que seus posicionamentos em todas as questões que envolvam o homem no mundo fiquem sob o jugo de todos.

Esse pouco caso está presente na maioria dos meios de comunicação. Está presente no rádio, na televisão, nos blogs, nos sites e em qualquer espaço destinado às manifestações do cidadão.

Os espaços dos leitores só publicam comentários relativos às matérias publicadas nos veículos, forçando uma limitação de ideias e de espaço. Os maiores não passam de cinco metades de linhas, pois esses espaços têm como característica ficarem em cantos de páginas.

Claro que não se pode exigir que publiquem qualquer coisa, sem consistência, sem detalhamento, sem nexo ou sem uma análise do conteúdo por parte dos editores. Não é isso. Mas, após essa avaliação, muitos textos de pessoas simples darão uma contribuição muito grande. Ao menos as narrativas trariam análises mais realísticas, devido ao convívio diário,  sobre como vivem, o que fazem e pensam milhões de pessoas.

Nesses tempos em que as pessoas passaram a jogar o jogo abertamente, em recente artigo numa revista, a excelente atriz Joana Fomm escancarou seu pedido de emprego. Devemos seguir esse exemplo para reivindicarmos espaço em todos os meios de comunicação, reservado exclusivamente aos cidadãos comuns.

Como estão hoje, as seções abertas ao público externo não visam à divulgação de ideias inovadoras, mas apenas disfarçam uma “pseudo” abertura com textos só de renomados ou famosos, com o único objetivo de angariar público e recursos financeiros.

Pedro Cardoso da Costa – Interlagos/SP
    Bacharel em direito

quarta-feira, 24 de agosto de 2016

Sudoeste Goiano - Partido Verde pede impugnação de candidatura de Paulo do Vale em Rio Verde

Pedido feito à Justiça Eleitoral é respaldado em condenação de improbidade do candidato deferida em novembro do ano passado

Por Larissa Quixabeira/JO
O Partido Verede (PV), por meio de seu representante Wolney Marques Pereira, apresentou requerimento à Justiça Eleitoral para impugnação  e consequente indeferimento da candidatura de Paulo do Vale (PMDB) à prefeitura de Rio Verde, alegando que o candidato tem condenação por improbidade administrativa enquanto secretário municipal de Saúde do município e, portanto, se enquadra na Lei da Ficha Limpa.

O candidato foi sentenciado a ressarcir os cofres da prefeitura em “prejuízos causados ao erário” de R$ 32 mil e e teve os direitos políticos suspenso por cinco anos, por alugar um imóvel por oito meses sem fazer licitação para instalar um centro médico que não chegou a ser construído. O caso é do ano de 2010.

O candidato do PMDB é cabeça de chapa da coligação majoritária “Rio Verde Quer”, que tem como candidato a vice Chico do KGL (DEM) e outros quatro partidos: Rede, PRP, PCdoB e Pros.

A impugnação está sendo processada na Justiça Eleitoral de Rio Verde, sendo recebida pelo juiz 140ª Zona Eleitoral, devidamente notificado para defesa, Paulo do Vale segue com a sua candidatura sub judice.

Em abril deste ano a Justiça manteve a condenação de Paulo do Vale, que é de novembro de 2015. Na época, o agora candidato afirmou ao Jornal Opção que iria recorrer da decisão. Diante do pedido de impugnação, a reportagem tentou contato com o candidato, mas não obteve resposta até o fechamento da matéria.

PF desarticula esquema de corrupção que desviou R$ 4,5 milhões da Saneago

Presidentes do PSDB em Goiás e da Saneago são presos em ação da PF
São cumpridos 120 mandados no estado, além de São Paulo e Florianópolis.
Esquema desviou R$ 4,5 mi em verbas públicas para quitar dívidas políticas.

Do G1
A Polícia Federal realiza na manhã desta quarta-feira (24) uma operação para desarticular uma quadrilha responsável pelo desvio de R$ 4,5 milhões em recursos federais por meio da Companhia de Saneamento de Goiás (Saneago). Segundo as investigações, as verbas eram destinadas ao pagamento de dívidas políticas.

A Operação Decantação cumpre 120 mandados judiciais em Goiânia, Aparecida de Goiânia, Formosa e Itumbiara, em Goiás, além de São Paulo e Florianópolis (SC). Entre os presos estão o presidente estadual do PSDB, Afrêni Gonçalves, e ex-secretário da Fazenda de Goiás e atual presidente da Saneago, José Taveira Rocha.

Cerca de 300 policiais participam dos trabalhos, que conta com apoio do Ministério Público Federal e do da Transparência, Fiscalização e Controle, evitou um prejuízo de quase R$ 7 milhões.



No total são cumpridos 11 mandados de prisão preventiva, quatro de prisão temporária, 21 de condução coercitiva e 67 de busca e apreensão na sede de empresas envolvidas e do PSDB em Goiânia, além de residências e outros endereços relacionados aos investigados.



(Presidente do PSDB-GO, Afrêni Gonçalves, foi preso
em ação da PF (Foto: Reprodução/Facebook))


Esquema
Segundo a PF, a investigação apurou que dirigentes e colaboradores da Saneago promoveram licitações fraudulentas, por meio da contratação de uma empresa de consultoria envolvida no esquema criminoso.

Desta forma, recursos públicos federais do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), de financiamentos do Bando Nacional do Desenvolvimento (BNDES) e da Caixa Econômica Federal, foram desviados para pagamento de propinas e dívidas de campanhas políticas.

Ainda segundo a investigação, a consultoria contratada pela Saneago também é suspeita de favorecer empresas que participavam do conluio e que eram responsáveis, posteriormente, por doações eleitorais.

Os envolvidos responderão, na medida de suas participações, pelos crimes de peculato, corrupção passiva, corrupção ativa, organização criminosa e fraudes em processos licitatórios. Também foi determinado o afastamento da função pública de oito servidores e a proibição de comunicação entre nove envolvidos.

terça-feira, 23 de agosto de 2016

Começou um dos maiores eventos do mundo do Agro

O 9° Brasil AgrochemShow 

Organizada anualmente pela AllierBrasil e a CCPIT da China, a Feira Brasil AgrochemShow, o mais importante trade-fair internacional de agroquímicos da América Latina, acontecerá nos dias 22 e 23 de agosto (segunda e terça-feira), em São Paulo, no Hotel Maksoud. São esperadas cerca de 300 pessoas, entre elas fabricantes, traders de defensivos agrícolas e representantes de empresas da China, Índia, Paraguai, Argentina, Estados Unidos, Europa, Brasil, entre outros. Leia mais: Rural Agro News

Agro News - Produtor Jataiense acredita em nova variedade de milho e tem excelentes resultados


Ilustrativa Google
Milho Coodetec surpreende mesmo com falta de chuva
Resultados que ultrapassam 160 sacas por hectare são apresentados em Goiás; 
CD 3612PW demonstra tolerância ao estresse hídrico e supera principais concorrentes

Qualidade e alta produtividade estão entre as principais características destacadas por quem plantou o híbrido CD 3612PW na última safrinha. Os resultados alcançados pelo milho Coodetec, lançado no ano passado, são comemorados em diferentes regiões do Brasil e, nesta quarta-feira, dia 17, as melhores colheitas foram apresentadas em Rio Verde/GO.

Em Jataí/GO, o produtor Angelo Luiz Gazarini acreditou no híbrido CD 3612PW e alcançou média de 176 sacas por hectare em sua lavoura. “Com solo bem tratado e com um milho de qualidade, os resultados só podem ser bons. Choveu pouco e, mesmo assim, o CD 3612PW rendeu essa excelente colheita. Com essa produtividade, com certeza vamos apostar nesse híbrido na próxima safrinha. É um produto que responde com produtividade ao investimento.”

Leia mais: Rural Agro News

segunda-feira, 22 de agosto de 2016

Insegurança leva terror a moradores e eles fecham ruas com grades

Justiça manda tirar portões e grades colocados em ruas por moradores
Moradores dizem que colocaram grades por sentirem medo, em Anápolis.
Conforme decisão, mais de 30 ruas de bairro da cidade estavam fechadas.

Alguns moradores de Anápolis, a 55 km de Goiânia, precisaram retirar grades e portões colocados por eles em 30 ruas do Bairro Anápolis City. A Justiça determinou a retirada do material após pedido do Ministério Público do Estado de Goiás (MP-GO). Os moradores recorreram da decisão, mas o recurso foi negado.

As pessoas que vivem na região afirmam que colocaram as grades por não se sentirem seguros e não concordam com a decisão judicial. “Isso aqui não prejudica em nada, a rua não tem saída, ela morre ali”, afirmou o veterinário Sebastião Alves.
A aposentada Dagmar de Araújo Machado mora na região e afirma que já foi vítima de assaltantes. “Ladrão em casa é duro. Roubou minhas joias, roubou outros pertences. Ele pulou o muro às 15h”, relatou.

Determinação
Na decisão, o juiz Carlos Eduardo Rodrigues de Sousa, afirma que os moradores fecharam as ruas, que são públicas, sem consultar a administração do município e não tinham permissão para tomar as medidas. Ainda conforme a decisão, a atitude impedia a livre circulação de pessoas e veículos.
Segundo o texto, a medida começou com poucos moradores e foi sendo copiada por outros, chegando ao fechamento de 33 ruas no bairro, das quais três já haviam sido liberadas.

TRE-GO define tempo das coligações no horário eleitoral em rádio e TV

Propaganda política vai durar 35 dias, de 26 de agosto a 29 de setembro.
Candidatos a vereador só aparecerão em inserções durante a programação.

O Tribunal Regional Eleitoral de Goiás (TRE-GO) definiu em uma reunião, na quinta-feira (18), quais as diretrizes do horário eleitoral gratuito das eleições municipais. As sete coligações que concorrem ao pleito em Goiânia ficaram sabendo quanto tempo terão para a propaganda, que será veiculada no rádio e na TV (veja relação completa no fim da reportagem).

A propaganda vai durar 35 dias - de 26 de agosto a 29 de setembro. Ela irá ao ar duas vezes por dia, terá duração de dez minutos e será exclusiva para os candidatos a prefeito. Na televisão, ocorrerá das 13h às 13h10 e das 20h30 às 20h40. Já nas emissoras de rádio, ela será veiculada das 7h às 7h10 e das 12h às 12h10. A ordem das entradas foi sorteada.

A grande novidade deste ano é que não haverá propaganda em bloco para vereadores. Os candidatos a este cargo poderão apresentar suas propostas em inserções, chamadas de "pílulas", distribuídas durante a programação entre às 5h e meia noite, que totalizam 70 minutos diários. A nova fórmula foi definida pela Lei nº 13.165.

No entanto, somente 40% desse tempo (28 minutos) será destinado aos postulantes à câmaras municipais. Cada propaganda pode ter 30 ou 60 segundos. 

O primeiro turno das eleições municipais de 2016, que elegerão em todo o país prefeitos e vereadores, será realizado em 2 de outubro, primeiro domingo do mês. O segundo turno, somente em cidades com mais de 200 mil eleitores, está marcado para 30 de outubro, último domingo do mês.

Veja os tempos de cada coligação no horário eleitoral para os candidatos à Prefeitura de Goiânia:
- Coligação Goiânia Vida e Paz (PT, PCdoB, PEN, PROS, PTdoB e PPL) - 1 minuto e 47 segundos
Candidata: Adriana Accorsi (PT)
- Rede Sustentabilidade (chapa única) - 13 segundos
Candidato: Djalma Araújo (Rede)
- Coligação Uma Nova Goiânia (PSB, PSDB, PRB, SD, PHS, PSL, PP, PPS, PSC, PV, PMB e PSDC) - 3 minutos e 24 segundos
Candidato: Vanderlan Cardoso (PSB)
- Coligação Experiência e Confiança (PMDB, PRP, DEM, PDT, PRTB e PTC) - 2 minutos e 14 segundos
Candidato: Iris Rezende (PMDB)
- Coligação Renova Goiânia (PSD e PTB) - 1 minuto e 16 segundos
Candidato: Francisco JR (PSD)
- Coligação Honestidade e Coragem (PR, PMN e PTN) - 50 segundos
Candidato: Delegado Waldir (PR)
- Coligação Se a Cidade Fosse Nossa (PSOL e PCB) - 16 segundos
Candidato: Flávio Sofiati (PSOL)

Carga de cigarro contrabandeado avaliada em R$ 1 milhão é apreendida em Jataí

O destino da mercadoria contrabandeada era a cidade de Rio Verde GO

Após denúncia anônima sobre possível prática criminosa de contrabando de cigarros oriundos do Paraguai, uma força tarefa integrada pela Polícia Federal, Polícia Militar (15 BPM) e Polícia Rodoviária Federal, fez diversas diligências na região de Jataí e Mineiros com intuito de apurar a denúncia.

Foram montadas barreiras e feitas diligências de natureza velada.

Depois de muito trabalho foi localizado um caminhão Bi trem carregado com cigarros de origem estrangeira, momento em que foi preso em flagrante o condutor Marcelo Queiroz Verga. 

Ele imediatamente confessou a prática criminosa e disse que receberia cerca de R$ 5.000,00 (cinco mil) pelo transporte.

O veículo foi conduzido ao pátio da PRF para averiguação preliminar e em seguida para a Delegacia de Polícia Federal em Jataí para formalizar os procedimentos de polícia judiciária cabíveis. Fonte: Imagem Goiás

Empresas querem comprar a Celg, mas organizaram lobby para reduzir o seu preço

Por que não apareceram compradores para a Celg? 
À primeira vista, concluiu-se que a empresa não vale o que estava sendo pedido. Na verdade, grandes empresas querem comprá-la, porque, com uma carteira de clientes avultada, trata-se de um grande e garantido negócio.

O que se deu, na prática, é que as empresas, num pool típico do capitalismo, para conseguirem a redução do preço, não se apresentaram para comprar a Celg.