Radio Line link 1

Na Geral

Loading...

terça-feira, 27 de janeiro de 2015

Palestra - O Tempo na hipermodernidade

Próximo dia 27 na ACIJ - Associação Comercial e Industrial de Jataí, às 19 horas, mais uma palestra com Gideone Rosa.
O Tema: O Tempo - E o "relógio" como instrumento de disciplina.
Publico Alvo: Os MicroEmpreendedores e demais interessados.
Para participar levar um quilo de alimento não perecível que será doado ao Núcleo de Doenças Mentais de Jataí. 
Acesse o nosso site:
http://gideonerosa.wix.com/gideonerosa

sábado, 24 de janeiro de 2015

Produtor de leite liquida gado, máquinas e equipamentos em leilão virtual

Jorge Michelc Agropecuária Tafa, de Chapadão do Sul, produtora de leite coloca todo o seu rebanho, máquinas e equipamentos a venda, em leilão virtual.

Ocorre o leilão, no próximo sábado, dia 24 de janeiro, a partir das 14 horas, através do site www.embral.com.br
Serão ofertadas vacas holandesas 160 fêmeas Holandês e Jersey registradas, sendo:

70 vacas HPB paridas e amojando;

35 novilhas GPB inseminadas e prenhas;

25 bezerras HPB de 0 a 13 meses;

20 vacas Jersey paridas e amojando;

10 bezerras e novilhas Jersey;

03 touros Holandês;

02 touros Jersey.

O gado está com média diária de 25 Kg. usando inseminação artificial com acasalamento genético.

Além do gado, a Jorge Michelc Agropecuária Tafa coloca em leilão todo o seu equipamento e máquinas para condução da atividade leiteira da propriedade, que localiza-se no Km 35 da BR-060, em Chapadão do Sul, sentido Paraíso das Águas.

As máquinas, equipamentos e o gado em leilão foram filmados e serão apresentados no leilão virtual via www.embral.com.br

Agende-se:

Sábado, dia 24 de janeiro, 14 horas.

www.embral.com.br

sexta-feira, 23 de janeiro de 2015

Victor Priori, PSDB, diz que Governador não vai tirar nenhum órgão de Jataí

Em virtude da reforma administrativa do governo estadual, dentro das prioridades do governador Marconi Perillo, Jatai poderia ficar sem alguns órgão importantes como Regional da Saneago, CELG, Delegacia Regional de Polícia, Sefaz e até a transferência do excelente delegado André Fernandes.
Em entrevista no radiojornal Das Sete com o radiojornalista Izalter Francisco o deputado Victor Priori se contradiz quando disse que o governador ligou, na sua presença, para determinado secretário de Estado que NÃO é para tirar nenhum órgão público estadual de Jataí, mas ao mesmo tempo, se dizendo precavido, disse não garantir que o governo venha fazer as mudanças anunciadas. 
Victor diz também não descartar sair candidato a prefeito no próximo pleito. Acrescenta que ainda é prematuro anunciar qualquer candidatura e irá respeitar a preferência popular. Isso falando da possível indicação do partido.
Fica a pergunta: Estaria o governador sendo um "ator" em telefonema ao citado secretário? Uma coisa é certa, devido a falta de créditos dos políticos junto a população, os eleitores, o que um político diz não se escreve.

Coordenação de escola e PMs são multados por humilhar estudantes

Segundo ação, alunos tiveram de abaixar calças e cuecas durante revista.
Envolvidos deverão pagar metade do salário da época; ainda cabe recurso.
Do G1 GO
As coordenadoras de direção de uma escola municipal e cinco policiais militares de Goiânia foram condenados a pagar multa civil por expor alunos da unidade à humilhação durante uma revista dentro da sala de aula. Segundo a ação movida pelo Ministério Público de Goiás (MP-GO) os estudantes foram obrigados a abaixar as calças e cuecas para provar que não haviam roubado o dinheiro de uma colega de classe. A decisão foi emitida pelo Tribunal de Justiça de Goiás no último dia 15. Ainda cabe recurso da decisão.
O caso aconteceu em abril de 2009, na Escola Municipal Albert Sabin, no Jardim Petrópolis, em Goiânia. Na época, o Batalhão Escolar da Polícia Militar foi acionado pela direção da escola devido ao furto de R$ 943 da mochila de uma aluna. O dinheiro era referente à venda de camisetas de formatura para os estudantes.

Na ação, contra que, com a permissão da direção, os policiais começaram a revistar bolsas e mochilas dos alunos em busca da quantia. Porém, como o dinheiro não foi encontrado, os militares mandaram que os alunos levantassem as camisetas até a altura do pescoço e abaixasse calças e cuecas até a altura do joelho.
Na decisão expedida pela desembargadora Elizabeth Maria da Silva, durante a revista, “submeteu os jovens revistados a enorme constrangimento e humilhação, uma vez que foram não só postos na condição de suspeitos pelo simples fato de que eram adolescentes do sexo masculino, mas também foram alvo, por parte dos policiais militares, de chacotas e outros gracejos a respeito dos órgãos genitais”. Para a desembargadora, a conduta, tanto dos policiais quanto da coordenação da escola, não respeito a obrigação legal de proteger a integridade dos alunos.
Como punição, os envolvidos terão que pagar uma multa no valor de metade do salário que ganhavam na época. O dinheiro vai para o Fundo de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente. Ainda cabe recurso da decisão.

Estado de Goiás proíbe uso de animais em circos

Proibição de uso de animais em circos 
A apresentação de animais em espetáculos de circo está proibida no estado de Goiás. A lei n° 18.793, sancionado pelo governador em exercício no dia 12 de janeiro, Helio Antônio de Souza (deputado estadual pelo DEM), proíbe a utilização de animais de qualquer espécie nos circos dentro de todo o território do Estado de Goiás.

Os circos que forem flagrados violando a proibição, ficam sujeitos a multas de até R$ 5.000,00 por dia de descumprimento da norma, apreensão dos animais e proibição de apresentação de espetáculos em todo o estado, por até cinco anos.

O projeto de lei do qual a lei deriva é de autoria dos deputados Mauro Rubem (PT) e Karlos Cabral (PT).

Nota JN: Uma pena que a lei pune apenas os espetáculos circenses pois em demais espetáculos como rodeios o abuso de animais também é gritante. Uma lei de muletas.

quarta-feira, 21 de janeiro de 2015

Legislativo Municipal - Vereadores agradecem 14° CRPM por envio de veículos e efetivos

Os vereadores João Rosa e Nilton César Soró agradeceram ao coronel Ednilson Nicolau dos Santos, comandante do 14° Comando Regional de Polícia Militar, pelo envio de três caminhonetes novas para a Companhia de Policiamento Especializado (CPE) e 50 efetivos do Serviço de Interesse Militar Voluntário Estadual (Simve). De acordo com o coronel, esses 50 soldados não poderão deixar o município.

O problema com os veículos e a falta de efetivos foram alguns do temas debatidos em reunião realizada na manhã do dia 27 de novembro, na Câmara Municipal de Jataí, quando foi definida uma pauta de reivindicações para resolver ou minimizar os problemas relativos à segurança pública pelos quais a cidade vêm passando. O encontro foi convocado por João Rosa e contou com a participação de Soró.

Evolução dos espetinhos, 'fenômeno' jantinha conquista público goiano

Jantinha reúne espetinho de carne mais
quatro acompanhamentos
(Foto: Sílvio Túlio/G1)
Opção é bastante procurada e muda a vida de quem apostou na ideia. 
Sílvio Túlio/Do G1 GO
É noite de sexta-feira em Goiânia. Assim como milhares de pessoas, o marceneiro Carlos Alves da Silva, de 40 anos, leva a mulher, a funcionária pública Joana D'Arc da Silva, de 38, para comer em um tipo de estabelecimento que virou febre na capital. As jantinhas - combinação de espetinho de carne acompanhado de arroz, feijão tropeiro, mandioca e vinagrete - são consideradas um "fenômeno" pela prefeitura municipal e estão espalhadas por vários cantos da cidade, atraindo cada vez mais pessoas interessadas em uma refeição rápida, barata e saborosa. Quem investiu nesse tipo de negócio há muitos anos, hoje colher os frutos do grande movimento.
Há oito anos, eles frequentam regularmente a mesma jantinha, uma das maiores da cidade, localizada no Setor Parque Amazônia, região sul de Goiânia. Para o casal, vários pontos servem como atrativo para procurar comida na rua. "Além da praticidade e da comida boa, tem também o principal, que é sair um pouco da rotina", diz Carlos.
Joana diz que sair para comer era bem mais frequente para o casal, mas eles reduziram a prática devido a um problema de saúde que ela teve. "Antes, saíamos muito mais. Porém, há três anos, fui diagnosticada com hipoglicemia e precisei controlar a alimentação. Comíamos muito sanduíche e pamonha, mas agora demos uma maneirada", afirma a funcionária pública.

terça-feira, 20 de janeiro de 2015

Estaríamos, nós brasileiros, em meio a um mar de lama?

Por Gideone Rosa
Ao que tudo indica sim.
Ontem em pronunciamento a todo  país o ministro da Fazenda Joaquim Levy anunciou o retorno de tributos nos combustíveis. Os reajustes deverão ter impacto de 22 centavos no preço do combustível. Isso só para citar um dos exemplos dos reajustes que vamos ter a partir de 1º de fevereiro. 
Como se não bastasse termos uma das cargas tributáveis mais elevadas do mundo o que caracteriza uma extorsão "legal", temos que arcar com mais esse presente, ou seja, estamos a mercê de um grande agiota.
Mergulhados até o pescoço o brasileiro paga a cada dia mais e mais tributos como se vivêssemos na era medieval onde os súditos pagavam tributos de forma bárbara que em muitas situações entregavam até mesmo seu meio de sobrevivência. Nos atuais dias, aqui nesse nosso país, não está diferente.
Perdidos sem saber para onde ir o brasileiro enfrenta não só a extorsão tributária, ele é obrigado a  conviver com notícias de alto calibre sobre corrupção. É a máfia das próteses, corrupção na Petrobras, a violência nas ruas com assaltos, roubos e assassinatos, parlamentares envolvidos em maracutaias de toda forma, é o dinheiro que deveria estar aqui e não mais está, o caos no sistema de saúde, escolas sucateadas...enfim, são tantas as situações de desmandos que se fosse citar todas daria dezenas de páginas. ...E assim vamos mergulhados na lama da corrupção e do sub-desenvolvimento.
O ministro tem sua "razão" em anunciar tais medidas. Afinal de onde tirar tanto dinheiro para tantos fins se não do bolso do brasileiro?
Só para constar, a seca deste ano será ainda pior que a do ano passado. Esteja preparado.

segunda-feira, 19 de janeiro de 2015

"Motorista perseguido por bandidos se envolve em acidente"

(Foto: Matheus Ribeiro/TV Anhanguera)
Carro descontrolado atinge parede de oficina e fica suspenso, em Goiânia
Testemunhas dizem que motorista perdeu o controle em rotatória e colidiu.
Ele não ficou ferido; estabelecimento sofreu danos em área de escritório.
Um motorista colidiu contra a parede de uma oficina mecânica, no Jardim Bela Vista, em Goiânia, na madrugada deste domingo (18). Segundo o dono do estabelecimento, Edson Luiz, o condutor seguia pela Avenida Planalto quando, ao chegar a uma rotatória, perdeu o controle da direção e atingiu o imóvel, ficando com as rodas dianteiras suspensas.
O motorista não ficou ferido e deixou o local logo depois do acidente. Edson disse que o carro, um Nissan Grand Livina, causou estragos na área onde funciona o escritório do estabelecimento, que estava fechado.
Por volta das 13h50 deste domingo, o carro permanecia no local. Moradores e pessoas que passavam pela região ficaram curiosos com a forma que o veículo ficou pendurado e o trânsito apresentou lentidão.
Nota JN: De acordo com uma testemunha, em entrevista a emissora acima, o motorista fugia de assaltantes no meio da madrugada e que durante a fuga teria perdido o controle do veículo onde veio a colidir com a parede da oficina. A testemunha disse ainda que o condutor do veículo percebendo os bandidos se aproximarem correu para um terreno baldio nas proximidades ficando escondido até se sentir seguro para se chegar em casa. Veja mais

OAB vistoria delegacia superlotada e pede a libertação de presos em Goiás

Ilustrativa Google
Unidade tem capacidade para 4, mas abriga 24 detentos, em Planaltina.
Entidade quer libertação dos suspeitos de crimes de menor poder ofensivo.
Do G1 GO, com informações da TV Anhanguera
Representantes da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) fizeram uma vistoria na delegacia de Planaltina de Goiás, no Entorno do Distrito Federal, que enfrenta problemas de superlotação. Na última semana, o local chegou a ficar dois dias fechado para atendimento em função do problema. Os advogados conversaram com os presos e solicitaram a liberdade para aqueles suspeitos de crimes considerados de menor poder ofensivo, como furtos, não pagamento de pensão alimentícia e violência doméstica.
A delegacia possui duas celas, com capacidade para duas pessoas cada. No entanto, 24 pessoas estão detidas no local, sendo 23 homens, além de uma mulher, que fica na cela de banho de sol. A água usada por eles chega por meio de uma mangueira e cada espaço possui apenas um vaso sanitário, que é usado por todos.
“As celas são pocilgas, onde se jogam esses cidadãos, ainda que apenas nas condições de indiciados, e os mantêm em uma situação precária, sem banheiro, sem alimentação e sem nada. Isso causa revolta”, afirmou a conselheira da OAB, Ana Maria Oliveira.
O problema da superlotação na delegacia ocorre porque o presídio de Planaltina está impedido de receber novos presos. Em 19 de agosto de 2014, a Justiça determinou que a unidade não recebesse mais presos por estar com mais de 146 detentos, sua capacidade total. Leia mais

Radio Line link 2